Regulamento

Apresentação 

 

O Programa Geração Consciente é uma iniciativa da Secretaria Estadual de Saúde em parceria com a  Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Secretaria Estadual de Educação do RS, Programa RS Seguro e com o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS). 

 

Trata-se de   um jogo cultural e educativo entre escolas da rede pública de ensino do Rio Grande do Sul, que promove uma série de atividades  durante o ano letivo que tratam sobre temas de saúde, com vistas à prevenção das IST’s, HIV/AIDS. 

 

Inserido nesse contexto, o Projeto Geração Consciente tem suas bases fundamentadas nos preceitos do Programa Saúde na Escola (PSE), criado em 2007 pelo Ministério da Saúde e pelo Ministério da Educação. O Projeto Geração Consciente está inserido no componente II do PSE – Ações de promoção da saúde, prevenção das doenças e agravos.

Por meio de ações de informação e educação em saúde, o Geração Consciente aposta no diálogo e na reflexão crítica para gerar consciência sobre alguns dos principais desafios que os(as) adolescentes vivenciam.

 

Objetivos

Objetivo Geral:


            Promover a saúde integral dos(as) adolescentes por meio de ações de informação e educação sobre temáticas como aprendizagem socioemocional, saúde sexual e reprodutiva, uso abusivo de álcool e outras drogas, diversidade, estigma e discriminação, violência e bullying e planejamento de vida.


Objetivos Específicos:

 

  • Desenvolver competências de cuidado individual e coletivo com a saúde mental e emocional na comunidade escolar;

  • Debater com adolescentes temas que os tornem protagonistas de suas vidas e das comunidades onde vivem;

  • Dar suporte para que educadores e professores da rede pública tenham meios hábeis para trabalhar os temas no currículo escolar - potencializando o ganho de escala do programa;

  • Fortalecer a relação das unidades de saúde com as escolas, potencializando a atuação de cuidado e acess dos adolescentes; 

  • Promover o engajamento e a participação social dos adolescentes para agirem como agentes de transformação dos territórios onde vivem; 

  • Mediar e facilitar o retorno dos adolescentes à escola, fortalecendo-a como espaço de promoção de saúde e pertencimento.  

 

Como funciona o Programa

O Programa está baseado nas metodologias de gameficação e utilizará estratégias de comunicação e metodologias ativas para promover informação, educação em saúde e engajamento social dos adolescentes.

 

Ao final do ano, as 5 escolas com maior pontuação no jogo receberão prêmios destinados aos alunos e professores. 
 

O Programa foi desenvolvido para abordar 7 temas relevantes para a promoção à  saúde dos adolescentes (emoções e sentimentos; identidade; gênero e sexualidade; estigma, discriminação e violência; saúde sexual e reprodutiva; uso abusivo de álcool e outras drogas; sonhando alto), que, por sua vez serão trabalhados através de subtemas de oficinas, conforme o quadro a seguir.

Ativo 1.png

Emoções e sentimentos: desenvolve familiaridade com o mundo interno das emoções, pensamentos e sentimentos; estratégias de manejo das emoções; noções básicas sobre saúde mental e autocuidado.  

  •  Mundo interno vs. mundo externo; 

  • Identificando e nomeando emoções;

  • Autorregulação; 

  • Autocompaixão;

  • Saúde mental;

  • Autocuidado;

  • Habilidades relacionais.

Ativo 2.png

Identidade: discute o processo de construção de identidade observando a história de vida e a inserção dos sujeitos no coletivo, contemplando os desafios de viver a adolescência nos dias de hoje. 

  • História de vida;

  • Redes sociais;

  • Padrão de beleza; 

  • Adolescência. 

Ativo 3.png

Gênero e sexualidade: desenvolve consciência crítica sobre papéis de gênero (masculinidade e feminilidade), desigualdade de gênero e machismo e informa sobre diversidade sexual e de gênero. 

  • Masculinidade e feminilidade;

  • Rivalidade feminina;

  • Prazer e consentimento;

  • Violência no namoro;

  • Diversidade sexual e de gênero. 

Ativo 4.png

Estigma, discriminação e violência: discute criticamente diferentes formas de desigualdade, discriminação e privilégio, as violências decorrentes disso e trabalha a temática do bullying.  

  • Desigualdade de oportunidades;; 

  • Violências; 

  • Bullying.

Ativo 5.png

Saúde sexual e reprodutiva: informa sobre saúde na vivência da sexualidade, gravidez, HIV e outras ISTs e educa para a sua prevenção na perspectiva de gerenciamento de riscos. 

  • HIV e outras ISTs;

  • Métodos contraceptivos e de prevenção de ISTs. 

Ativo 6.png

Uso abusivo de álcool e outras drogas: informa sobre fatores de risco e proteção no uso de álcool e outras drogas e desenvolve autonomia no gerenciamento de riscos e na redução de danos relacionados ao uso. 

  • Identificando riscos;

  • Fatores de risco e proteção.

Ativo 7.png

Sonhando alto: estimula a reflexão sobre sentidos de vida, desejos e sonhos para o futuro e oferece ferramentas para a criação de projetos e planejamentos de vida realistas. 

  • Consumo e consumismo;

  • O que é felicidade?;

  • Planejamento de vida;

  • Transformação social.

Ativo 9.png

Cada temática abordada no programa terá um prazo de aproximadamente 4 semanas para ser abordada através das atividades de formação dos educadores, oficinas com os adolescentes e concurso cultural, a seguir detalhadas. Cada atividade terá uma pontuação definida que será informada no momento do seu lançamento. 

 

A cada temática, a escola terá acesso a:

 

A) Formação dos educadores: Os educadores receberão uma formação de aproximadamente 2h sobre cada nova temática do programa, no período de lançamento das mesmas. A formação será disponibilizada em três turnos e em formato online e síncrono, através do site do Programa (www.geracaoconsciente.com.br). Para aqueles educadores que não puderem participar em nenhum dos 3 horários, a formação será gravada e disponibilizada posteriormente. Além disso, será compartilhada uma cartilha com conteúdo sobre as temáticas e com recursos pedagógicos necessários para o desenvolvimento das atividades. 

 

B) Oficinas: Serão conduzidas pelos educadores junto aos  estudantes, contemplando cada temática do projeto. As oficinas serão organizadas a partir de perspectivas metodológicas diversas, recorrendo a estratégias artísticas, jogos, grupos de discussão, práticas de meditação, teatro-fórum, entre outras. 
          

Este produto é de fundamental importância para o Programa, pois proporcionará a ampliação do impacto das ações por meio da instrumentalização da prática dos professores na abordagem dos temas com os alunos. 
 

C) Concurso Cultural: Consiste na proposição de desafios para as escolas a respeito das temáticas trabalhadas no período. Tais desafios têm como objetivo promover o protagonismo dos adolescentes no diálogo das temáticas com a família  e a comunidade. O concurso ocorrerá entre escolas.
 

D) Atividade bônus: as 50 escolas que obtiverem as maiores pontuações no decorrer das ações do Programa participarão de um programa de auditório em que os alunos assistirão a atrações e participarão de jogos e brincadeiras que testam os conhecimentos adquiridos ao longo do percurso. Trata-se de um momento lúdico que funciona tanto como estratégia de educação, quanto como fortalecedor dos vínculos e do senso de pertencimento.  

 

Quem pode participar do Programa 
 

Poderão participar do programa escolas dos  18 municípios  que fazem parte do RS seguro, tendo em vista os indicadores de violência e vulnerabilidade social (Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Esteio, Gravataí, Guaíba, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, Santa Maria, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Tramandaí e Viamão), e outros 3 municípios prioritários para o engajamento na aceleração à resposta à epidemia de HIV (Uruguaiana, Alegrete e Livramento). 


O número de vagas para inscrição das escolas dos municípios estão descritos abaixo. Os municípios do RS Seguro deverão dar prioridade para as Escolas também inscritas neste programa (ver lista no Anexo I e II deste regulamento); as vagas excedentes poderão ser destinadas a outras escolas dos municípios, priorizando territórios com condições socioeconômicas menos favoráveis e as escolas do ciclo 2021 e 2022 do PSE. Em relação aos municípios prioritários para o engajamento na aceleração à resposta ao HIV, estes deverão indicar as escolas com os mesmos critérios elencados acima. 

MUNICÍPIOS

NÚMERO DE VAGAS NO PROGRAMA

Alegrete

Alvorada

Cachoeirinha

Canoas

Capão da Canoa

Caxias do Sul

Esteio

Gravataí

Guaíba

Novo Hamburgo

Passo Fundo

Pelotas

Porto Alegre

Rio Grande

Sant'ana do Livramento

Santa Maria

São Leopoldo

Sapucaia do Sul

Tramandaí

Uruguaiana

Viamão

4

12

7

23

3

29

5

16

7

13

11

24

64

15

4

16

13

9

5

7

14

De cada Escola indicada poderão participar até 100 adolescentes entre o 8º ano do ensino fundamental e o 1º ano do ensino médio e 4 educadores.

 

Inscrições 


O processo de inscrição irá ocorrer em duas etapas: 

  1. Adesão dos municípios 

  2. Inscrição das escolas. 

 

Adesão dos municípios


            Primeiramente será disponibilizado um formulário de adesão no site do Programa a ser preenchido pelos municípios, através do site: www.geracaoconsciente.com.br entre os dias 11 e 20 de maio de 2022. 
           Após efetuada a adesão dos municípios, os mesmos deverão indicar as Escolas que deverão realizar a inscrição no Programa.


Inscrição das escolas


Após a adesão dos municípios e indicação das Escolas, as mesmas deverão preencher o formulário de inscrição através do link: www.geracaoconsciente.com.br entre os dias 21 de maio e 6 de junho de 2022. 

Não havendo a adesão de algum município ou o preenchimento de todas as vagas disponíveis para as escolas, a organização do projeto poderá redistribuir as vagas entre os municípios aderentes.

 

Vigência do Programa

 

O Programa acontecerá de maio a dezembro de 2022, durante o ano letivo das Escolas.

Certificação, reconhecimento e premiação

Certificação:

  • As prefeituras receberão um certificado emitido pela SES e pela UNESCO, na cerimônia de encerramento do Programa,  pela participação de pelo menos 70% das escolas inscritas no município em 70% das atividades;

  • Os professores receberão um certificado pela participação no percurso formativo de cada temática.

Premiação:
Concurso Cultural: Serão premiadas, após a abordagem de cada temática, com R$ 500,00 para financiar plano de trabalho as 3  escolas que mais pontuarem em cada etapa do Concurso Cultural;


Serão sorteados materiais do Programa (camisetas, moletons, bonés, broches) entre todos os adolescentes que participarem de cada etapa do Concurso Cultural. 

 

Geral: Ao final do Programa, serão premiadas as 5 Escolas que obtiverem a maior pontuação no jogo conforme as informações a seguir:


1º Lugar: 

  • R$ 3.000,00 para a escola financiar plano de trabalho; 

  • 1 jantar para duas pessoas* ou um Day Spa para cada um dos educadores da escola que participaram do Programa (máximo 4 educadores);

  • Rodízio de pizza* para os adolescentes que participaram do Programa (máximo 100). 

 

2º Lugar: 

  • R$ 2.000,00 para a escola financiar plano de trabalho; 

  • 1 jantar para duas pessoas* ou um Day Spa para cada um dos educadores da escola que participaram do Programa (máximo 4 educadores);

  • Rodízio de pizza* para os adolescentes que participaram do Programa (máximo 100). 


3º Lugar: 

  • R$ 1.000,00 para a escola financiar plano de trabalho; 

  •  1 jantar para duas pessoas* ou um Day Spa para cada um dos educadores da escola que participaram do Programa (máximo 4 educadores);

  • Rodízio de pizza* para os adolescentes que participaram do Programa (máximo 100). 
     

4º Lugar: 

  • 1 jantar para duas pessoas* ou um Day Spa para cada um dos educadores da escola que participaram do Programa (máximo 4 educadores);

  • Rodízio de pizza* para os adolescentes que participaram do Programa (máximo 100). 

 

5º Lugar: 

  • Rodízio de pizza* para os adolescentes que participaram do Programa (máximo 100)             

* Inclui bebidas limitadas e não alcoólicas
 

Das responsabilidades

Responsabilidades dos Municípios:


Os municípios que aderirem ao Programa assumem a responsabilidade de:

 

  • Destinar dois profissionais (um da saúde e um da educação) como pontos focais para conduzir o projeto, mobilizar as escolas e participar de reuniões de monitoramento; 

  • Indicar as escolas que estarão aptas a se inscrever no Programa e monitorar as inscrições das mesmas;

  • Disponibilizar transporte para o Programa de Auditório, caso alguma escola do município se classifique para participar desta etapa.  Há a estimativa da necessidade de 2 a 3 ônibus por escola e do deslocamento de até aproximadamente 300 km (150 km para a ida e 150 km para a volta)

 

Responsabilidades das Escolas:


As Escolas participantes assumem a responsabilidade de:

 

  • Garantir o acesso dos participantes às atividades e comunicados postados no site do Programa Geração Consciente e enviados por e-mail(geracaoconscienters@gmail.com);

  • Garantir condições de segurança para a realização das atividades do Programa; 

  • Supervisionar os alunos(as) em todas as atividades oficiais; 

  • Destinar de 2 a 4 educadores para participar dos processos formativos e condução das ações com os alunos.

Anexo 1. Escolas Inscritas no Programa RS Seguro:

Anexo 2. Escolas Inscritas no Geração Consciente (2022):

Anexo 3. Escolas que entregaram o Desafio I (2022):